Loading...

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Como parar de fumar?

Como parar de fumar?

Os benefícios de parar de fumar são bem conhecidos. Mas o poder viciante da nicotina associado ao hábito diário e a pressão do grupo de amigos ou família tornam a decisão de largar o cigarro muito difícil.
Difícil sim. Mas nunca impossível. Ninguém nasceu fumando. O tabagismo é recente na história da humanidade. Grandes personalidades e gênios da humanidade nunca fumaram. Você pode, por tanto viver sem o cigarro. Viver mais e viver bem!
O caminho até deixar de fumar é longo e muitas vezes árduo. Mas caminhar passo a passo é garantia de sucesso.

Escolher uma data e ter um plano.

Uma vez tomada a decisão de parar e escolhido um padrinho ou ajuda médica, esta na hora de escolher uma data. Escolha uma data nos próximos trinta dias. É importante ter tempo para se preparar e para seguir um plano, mas o limite de um mês existe para evitar que você racionalize e mude de idéia!
Esse é um passo importantíssimo e que muitas vezes trás preocupação. Mas lembre-se você pode ficar sem fumar. E lembre-se dos benefícios que essa atitude irá trazer. É necessário grande comprometimento com essa data. Marque no calendário e sempre conte quantos dias faltam para sua chegada.
Até a chagada da data escolhida existem algumas atitudes que podem ser tomadas. Escolha uma delas como seu plano.
Parar abruptamente na data escolhida. Lembre-se de parar de comprar cigarro nos dias anteriores a data e evite encontrar com fumantes nesse dia.
Diminuir o número de cigarros gradativamente. Estabelecer um numero máximo de cigarros por dia até a data escolhida. Reduzir um ou dois cigarros por dia ajuda o organismo a tolerar melhor a falta de nicotina.
Atrasar a hora do primeiro cigarro. Cada dia atrasar uma hora o primeiro cigarro da manha. Com isso o cigarro pouco a pouco vai saindo da rotina.
O plano pode conter ajuda de remédios. Seja reposição de nicotina ou antidepressivos.
Até a chegada da data pratique a frase: “Não, obrigado eu não fumo!” Fale alto e imagine-se recusando a oferta de cigarros.
Conte para seus amigos e para sua família a data e o plano que você escolheu. Tenha certeza que todos vão apoiar sua decisão.
Na data escolhida para parar de fumar:
Livre-se de todos os cigarros, isqueiros, cinzeiros e tudo que lembre fumar.
Se mantenha ativo! Caminhar ou praticar um hobbie ajuda o tempo a passar e diminui a necessidade de cigarro.
Beba muita água ou sucos gelados.
Evite situações em que a vontade de fumar é grande. Evite álcool e café ou encontrar com fumantes.
E o mais importante: NÃO FUME!

Lidar com a abstinência do cigarro

A falta de cigarro leva a abstinência. O organismo do fumante esta acostumado com uma dose de nicotina diária. Isso é dependência! Sem a nicotina aparecem alguns sintomas físicos e psicológicos. Conhecer os sintomas é a melhor forma de se preparar e lidar com eles.
O hábito de fumar esta conectado a praticamente todas as suas atividades. Acordar, tomar café da manhã, assistir televisão, ler o jornal e no trabalho. Essas atividades funcionam como um gatilho que leva a acender o cigarro. Esses gatilhos fazem mesmo quem esta muito determinado a parar ter vontade de acender um cigarro. A vontade intensa de fumar é chamada fissura.
Nos momentos de fissura, o organismo esta pedindo por uma dose de nicotina. Aparecem os sintomas de abstinência. É comum o fumante então racionalizar. Isto é: Inventar desculpas para si mesmo. Procurando motivos para fumar.
Esses pensamentos são recorrentes e devem ser evitados.
Vou fumar até passar esse momento ruim.
Sem fumar não vou resolver esse problema.
Hoje não é um bom dia. Amanhã eu paro
É meu único vício.
A vida não tem graça sem fumar.
Essas racionalizações podem colocar tudo a perder. Levar você de volta ao vício.

Lembre-se: O cigarro é mais um problema. Não um amigo. Ele não ajuda a resolver nenhuma dificuldade da sua vida. Apenas obscurece os problemas, colocando uma cortina de fumaça entre você e eles. Fica ainda mais difícil reconhecer e resolver situações de estresse!

3 comentários:

  1. A fissura dura no máximo 5 minutos, beba água e passe água fria na nuca e lembre-se sempre, cada tragada pode ser um alvéolo a mais danificado!

    ResponderExcluir